AÇORES

3 Dezembro 2016, 21H30

​AÇORES, UMA JORNADA DE SONHO
Espetáculo de celebração dos 20 anos da Companhia Ballet Teatro Paz
 
Nasci do verde escuro das criptomérias que me revestiram a alma de lágrimas doces, que caíram levemente formando lagoas, onde banhei o meu corpo sob o sol doirado do cair da tarde
Sou feita de ramos, de pedra, de água, tenho asas e meu canto é um pio
Tenho oito irmãs que me acenam por entre as ondas que nos afagam o leito onde dormimos até ao amanhecer
O mar, a lua, estes contam-nos histórias de embalar sobre nove pedaços que flutuam em água salgada
Sou assim, nascida do verde, da água, da luz
E assim sou ilha açoriana, pequena miragem caída no mar
 Milagres Paz
 

Partilhar evento