Outros

UNÍSSONO - Composição para cinco bailarinos

Paralelo Festival de Dança

28 Setembro, 21H30
Dança - M16
10€ Plateia

Uníssono – Composição para cinco bailarinos procura mostrar que nenhum objeto artístico é distinguível das pessoas que o compõem, e que nenhuma ocorrência artística é replicável, sendo, antes, essencialmente única. O «ritual» é um conceito operativo nesta peça: nas sociedades (humanas e animais), os movimentos fundamentais, simbólicos ou funcionais, são ritualizados, definindo à partida a norma e o desvio à norma, o padrão e a inovação, a tendência e a contracultura. Mas até que ponto o ritual é representativo? Cinco bailarinos em palco interpretando em uníssono movimentos ritualizados são um só corpo? Oblitera-se a individualidade? A perceção do espectador resulta da harmonia do todo, da especificidade de cada corpo em ação, ou de ambas?

direção artística Victor Hugo Pontes
cenografia F. Ribeiro
direção técnica e desenho de luz Wilma Moutinho
operação de luz Pedro Correia
música Hélder Gonçalves
operação de som João Monteiro
montagem de cenografia Valter Maior
apoio dramatúrgico Madalena Alfaia
interpretação Bruno Senune, Dinis Santos (em substituição de André Cabral), Elisabete Magalhães, Teresa Alves da Silva e Valter Fernandes
direção de produção Joana Ventura
assistente de produção Mariana Lourenço
coprodução Nome Próprio , Teatro Municipal São Luiz, Teatro Municipal do Porto Campo Alegre . Rivoli
agradecimento Marco da Silva Ferreira

A Nome Próprio é uma estrutura financiada pela República Portuguesa - Cultura | Direcção-Geral das Artes e residente no Teatro Campo Alegre, no âmbito do programa Teatro em Campo Aberto.

Partilhar evento