Outros

IMPRÓPRIA

Mostra de Cinema de Igualdade de Género

De 21 a 24 Outubro
Cinema - m16

A IMPRÓPRIA é uma mostra de cinema de igualdade de género e assume-se como um evento cultural, de intervenção social, e de cariz colaborativo, que ambiciona influenciar e educar um público heterogéneo quanto à idade e ao nível sociocultural para a igualdade de género.

A 3ª edição da IMPRÓPRIA –  Mostra de Cinema de Igualdade de Género decorrerá no Teatro Micaelense com um programa de curtas-metragens, onde se espera estimular junto do público a discussão partindo da exposição cinematográfica.

Inserida no âmbito das comemorações do Dia Municipal para a Igualdade de Género, a Imprópria apresenta várias curtas-metragens que se debruçam sobre temas como direitos humanos, orientação de desejo, queer, violência de género, identidade sexual, etc.

Na 3ª edição decidimos homenagear Maria Simões (dia 21) e Miguel Vale de Almeida (dia 22), para além de dedicarmos uma tarde (dia 24) ao trabalho que a cineasta Cláudia Varejão tem vindo a desenvolver nos Açores, no âmbito da temática de igualdade de género.

Iniciado desde 2020, dá-se continuidade ao programa de intervenção social e comunitária, entre 18 e 21 de outubro, alinhado com a Estratégia Regional de Combate à Pobreza e Exclusão Social, e que prevê a apresentação de curtas-metragens relacionadas com a igualdade de gênero e respetiva dinamização de um debate em quatro das cinco freguesias açorianas consideradas prioritárias na referida Estratégia Regional: Arrifes, Fenais da Ajuda, Rabo de Peixe e Água de Pau.   

Paralelamente, será levado a cabo um workshop de masculinidades, oriantado por Roy Galán, e um workshop sobre autoconhecimento sexual feminino frente às violências, desenvolvido por Natália Bautista.

Queremos desafiar o conservadorismo e revelar os Açores contemporâneos, interessados em dinâmicas culturais inovadoras através da exibição de curtas-metragens e filmes com respetiva discussão do tema com o público.

O propósito da Mostra é trazer à tona o tema da Igualdade de Género e a luta contra os preconceitos e estereótipos sociais. É nosso entendimento que a exibição cinematográfica é um meio eficaz de expor e debater estes tópicos, tanto pela facilidade com que este meio chega ao espectador, como pela possibilidade de discussão subsequente.

Esperamos estimular, junto do grande público, a sua discussão partindo da exposição cinematográfica.

A equipa Imprópria

 

programação completa em www.impropria.pt

Partilhar evento